Bastidores

marketing digital - ilustração de homens segurando curtidas e Likes

Marketing digital: como está o posicionamento de sua marca?

Com a utilização da internet ainda crescendo dentro da sociedade, torna-se indispensável a presença das empresas dentro desse novo mundo. Isso porque, a maneira como as pessoas estão comprando e agindo diante do crescimento de novas tecnologias tais quais dispositivos móveis e as redes sociais fez com que o mercado precisasse se adaptar às novidades para poder alcançar os seus clientes. 

Portanto, é possível que as antigas maneiras de se praticar o marketing estão perdendo espaço para o que hoje se chama de marketing digital. Este, por sua vez, está pautado na conexão com o público de uma marca no lugar certo e na hora certa.

Nesse sentido, o artigo abaixo busca explicar o conceito de marketing digital, procurando evidenciar a importância dele para diversas marcas, como, por exemplo, uma empresa especializada em reparo de ar condicionado, bem como as estratégias que podem ser utilizadas. Para facilitar a compreensão, serão utilizados exemplos para demonstrar como o marketing digital pode ser utilizado no setor de construção civil.

O que caracteriza o marketing digital?

O marketing digital é caracterizado, basicamente, como o conjunto de esforços que uma empresa empreende dentro da internet acerca da sua marca. Com isso, o marketing digital busca gerar uma conexão maior com novos e antigos clientes de um empreendimento. 

Além disso, uma vantagem do marketing digital é que ele pode ser utilizado por qualquer tipo de empresa que se posicione dentro da internet, desde empreiteiras até firmas que prestam aluguel de caçamba basculante, por exemplo.

A ideia principal do marketing digital é aplicar estratégias atingindo os novos consumidores do mundo diretamente no local em que eles passam a maior parte do seu tempo: online. Isso porque, os novos consumidores estão:

  • Navegando dentro das redes sociais;
  • Mantendo-se atualizados em sites de notícias e blogs;
  • Procurando online tudo o que precisam saber;
  • Gerando novas formas de conexão.

Assim, quando uma empresa utiliza técnicas de marketing digital, ela está se colocando dentro do universo desses consumidores, permitindo que eles se informem a respeito das marcas e, até mesmo, aprendam com elas.

As estratégias de marketing digital

Todas as ações realizadas dentro do campo do marketing digital são baseadas em estratégias. Contudo, muitos profissionais da área possuem problemas no momento de escolher as técnicas mais adequadas. 

Ou seja, existem muitos casos em que uma empresa que vende gerador de energia solar residencial, por exemplo, está direcionando as suas ações para um público que não será minimamente afetado. Por essa razão, serão abordados a seguir os princípios mais importantes para a elaboração de estratégias de marketing digital efetivas.

1) Fique atento

Uma grande realidade presente dentro do marketing digital é que boa parte das suas ações ocorrem com um pouco de “tentativa e erro”. Por isso, apesar de muitos profissionais de marketing estarem sempre buscando por um plano a ser seguido, é necessário que eles estejam sempre aptos a se adaptar conforme as necessidades, aumentando a flexibilidade em relação a assuntos como:

  • Alterações dos padrões de SEO;
  • Tendências em ascensão;
  • O calendário de conteúdos;
  • A linha do tempo de postagens;
  • Quando analisar relatórios e discutir ideias;
  • Qual público-alvo a se focar;
  • O número de canais digitais em que a empresa está.

Uma estratégia de sucesso sempre estará precisando de ajustes, sendo que, para isso, é preciso a realização de um monitoramento constante dos resultados do marketing digital de uma empresa. Em casos de trabalhadores autônomos ou de pequenas companhias, indica-se a contratação de consultores para auxiliar as empresas a obter essas informações e redefinir metas caso alguma coisa não pareça estar funcionando da maneira planejada.

2) Entenda profundamente o seu consumidor

Nenhuma estratégia de marketing digital será realmente eficaz se a empresa não tiver uma compreensão profunda a respeito daqueles que compram os seus produtos ou serviços, bem como o motivo pelos quais os consumidores compram. Onde e como a compra ocorre também pode ser uma informação altamente relevante. 

Portanto, é necessário ir a fundo e explorar vários dados importantes não só para entender o que as pessoas querem comprar, mas também compreender quais fatores culturais, sociais e políticos influenciam os seus comportamentos de consumo.

Um grande exemplo a ser citado são as ações desenvolvidas por empresas para demonstrar que elas se preocupam com o meio ambiente. Isso quer dizer que uma construtora, por exemplo, ao informar a sociedade que durante a realização de suas obras ocorre uma coleta seletiva construção civil, está se posicionando politicamente como marca de um modo positivo, atraindo a atenção dos consumidores. 

Contudo, é válido frisar que essas atitudes precisam ser feitas com intenções verdadeiras as quais não se contradigam com outras ações de uma empresa. Caso contrário, a única imagem que ela irá passar é a de aproveitadora de questões sociais e políticas, algo que pode prejudicar muito uma marca. 

Essa realidade não demonstra que as empresas precisam obrigatoriamente se posicionar a respeito de assuntos, mas sim que ser culturalmente sensível, especialmente com questões acerca de uma marca, pode ser sempre uma boa ação.

É possível montar um perfil completo e robusto sobre o público de uma empresa através de atitudes como:

  • Definir os canais digitais que criam maior contato com consumidores;
  • Falar de acordo com o linguajar de cada região;
  • Compreender as dores e necessidades dos clientes;
  • Entender como sanar as questões do item acima;
  • Focar na experiência e nos resultados das estratégias;
  • Criar um perfil de consumidor ideal (persona);
  • Estar atento a questões socioculturais e políticas;
  • Desenvolver parcerias únicas como aquelas criadas com influenciadores;
  • Utilizar ferramentas de automação de marketing.

Dessa maneira, uma empresa que oferece maquinário para terraplanagem de terreno, por exemplo, consegue criar um plano totalmente estruturado de inbound marketing. Ou seja, essa empresa consegue atrair outras (provavelmente firmas de construção civil) para conhecer os produtos oferecidos.

3) Foque no resultado final

Dentro do desenvolvimento de produtos e de estratégias de marketing, existe tanta ênfase dado aos números que muitas vezes os funcionários de uma empresa deixam de lado as necessidades que um produto ou serviço satisfaz.

Isso quer dizer que o mais importante de tudo é saber para quem as estratégias de marketing digital estão sendo direcionadas. Para tal, é necessário entender as dores dos consumidores as quais influenciam nas suas decisões de compra. Ou seja, as marcas precisam ser capazes de mostrar às pessoas o motivo delas precisarem dos seus produtos ou serviços.

Uma das estratégias mais utilizadas nesse sentido é o marketing de conteúdo. Assim, uma loja que fabrica armário de aço escritorio, por exemplo, pode desenvolver uma série de textos mostrando as vantagens que um ambiente empresarial obtém ao utilizar móveis planejados, instigando no leitor um desejo de consumo dormente.

4) Mire nos dispositivos móveis

De acordo com uma pesquisa da empresa Statistica, cerca de 4,78 bilhões de pessoas ao redor do mundo estarão utilizando smartphones até 2020. Além disso, outros dados obtidos pela Convince & Convert demonstram que 40% dos consumidores consultam pelo menos um canal digital enquanto fazem compras e que 4 em cada 5 consumidores utilizam seus smartphones como uma parte regular dos seus hábitos de consumo.

Portanto, pode-se perceber que os dispositivos móveis são a maior tendência de mercado existente. Isso porque, uma pessoa que irá reformar uma casa, por exemplo, pode pesquisar sobre diferentes valores de forro de PVC madeirado através da internet. Ela pode, também, checar opiniões e resenhas sobre os produtos de cada empresa. 

Com isso em mente, existem várias maneiras de assegurar que as estratégias de marketing digital feitas para dispositivos móveis funcionem adequadamente:

  • A otimização de sites tanto para computadores quanto para smartphones;
  • A utilização de números de telefone e endereços clicáveis;
  • O uso de “calls to action”, ou “chamadas para a ação”;
  • A certificação de que informações estão conectadas a aplicativos;
  • O desenvolvimento de um carregamento rápido de páginas;
  • A revisão de anúncios em redes sociais;

Dessa forma, as estratégias de marketing digital de uma empresa devem ser capazes de atrair as pessoas dentro do espaço em que elas mais se encontram. Portanto, vale a pena investir nas redes sociais. 

Essa realidade é justificável, já que dentro do Instagram, por exemplo, uma empresa que oferece serviços de fechamento de varanda pode veicular anúncios e novidades para usuários que já possuem um hábito de consumir conteúdos de decoração.

Em suma, tendo em vista as informações demonstradas acima, verifica-se que o planejamento de estratégias de marketing digital não se dá apenas pela repetição de técnicas já existentes. Isso decorre do fato de que tais ações precisam se adaptar às necessidades das empresas e dos consumidores, permitindo a execução de estratégias eficientes. 

Nesse sentido, a tarefa de uma empresa é, literalmente, seguir os seus clientes de modo a colocá-lo no centro das atenções. Portanto, uma marca se torna capaz de ganhar um destaque dentro da internet, ampliando o alcance das suas vendas e ações.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

COMENTÁRIOS DO POST