Bastidores

Ilustração do Google tela de computador. Texto Novidades nos algorítmos do Google

Novidades nos Algoritmos do Google

Algoritmos do Google impactam diretamente sites de e-commerce nos mecanismos de pesquisa

Há pouco tempo, a Google anunciou em seu evento anual chamado Marketing Live, inúmeras mudanças em suas plataformas e essas modificações são direcionadas a lojistas e anunciantes. Um dos maiores sites de buscas tem o propósito de entrar de forma incisiva no mundo e-commerce, propondo novas experiências e também algumas atualizações nos mecanismos de pesquisas.

Conforme abordado na apresentação do evento, serão permitidas ferramentas, que, através das mesmas, será possível encontrar produtos e também compará-los. Além disso, o consumidor possuirá a opção de efetuar compras em sites ou em lojas físicas mais próximas. O usuário poderá adquirir um produto diretamente de vídeos e anúncios no YouTube, por exemplo.

Havia a possibilidade de que o Google se transformaria em um Marketplace. Entretanto, a própria empresa deixou claro que isso não faz parte dos seus objetivos e que até mesmo os próprios marketplaces e e-commerces poderão utilizar as atualizações e novidades da Google para crescer e expandir suas vendas e conquistar mais clientes.

Qual a importância e o impacto do algoritmo?

Além de favorecer o e-commerce, os algoritmos da Google têm um impacto direto no mecanismo de busca. Para que seja possível encontrar o que deseja, os algoritmos são usados em programas e sistemas de computador que procuram por sites que correspondam de forma eficaz e efetiva às regras que existem em seus mecanismos. É desse modo que são classificados os sites que serão os primeiros e terão um bom posicionamento no ranking.

São diversos os fatores e regras que o influenciam nos resultados ou uma busca. Um exemplo é que, há um tempo atrás, o algoritmo dava prioridade aos sites leves para poupar os dados de internet e o tempo de espera para a página carregar por completo. Sites que não se comportam de acordo com as regras dos mecanismos de busca, fazem com que os algoritmos não consigam encontrá-los e, com isso, não os apresentem como resultado de uma pesquisa realizada.

Como melhorar o posicionamento no Google? 

Toda vez que ocorre uma atualização, toda forma de avaliar o método que será feito o ranking de sites também muda. Por exemplo, normalmente, as primeiras posições ficam para sites que cumprem todas as regras e entregam o melhor conteúdo, se preocupando em proporcionar a melhor experiência de navegação para o consumidor. Sites pesados, com baixo conteúdo, responsividade ruim, URLS e outras características perdidas ou confusas, caem no ranking e não conquistam uma boa posição, muitas vezes nem sequer chegam a  aparecer para o usuário. Para tornar melhor a posição do ranking, todos esses fatores e mais alguns, precisarão ser aprimorados. Para que isso se torne efetivo, uma consultoria de marketing digital pode fazer toda a diferença!

www.cloud-impact.com

COMENTÁRIOS DO POST